Atendimento: 8 - 21h | Sex: 8 - 17h81 3328-1481

Perguntas frequentes

1- Os Cursos de Pós-graduação da Faculdade Anchieta são autorizados e reconhecidos pelo MEC?

   A legislação em vigor estabelece que cursos de pós-graduação em nível lato sensu (MBAs e Especializações), não necessitam de autorização ou reconhecimento do MEC para funcionamento.

Ver Resolução CNE/CES n° 1, de 8 de junho de 2007.

2- Os Cursos de Pós-graduação da Faculdade Anchieta são cadastrados no MEC?

Sim. Para confirmar, basta acessar o link.

3-Qual a duração dos cursos?

Depende de cada curso, podendo ir de 12 a 18 meses.

4- Os cursos são na modalidade à distância?

Não. Os cursos de pós graduação da FAR são presenciais.

5- Como ingressar no Curso de Pós-graduação da Faculdade Anchieta?

   Basta comparecer na secretaria da FAR ou na secretaria de uma de suas unidades, preencher a ficha de inscrição e apresentar os documentos requeridos. Em sendo convocado para efetivar a matrícula, o interessado deverá apresentar os demais documentos e preencher o requerimento de matrícula. Após análise do requerimento, a direção da FAR emitirá parecer final. Em sendo deferido o pedido, o ingresso no curso está confirmado. A inscrição também poderá ser realizada através do site da FAR.

6- Quais os documentos necessários para efetivação da inscrição?

Ficha de inscrição preenchida e assinada

7- Quais os documentos necessários para efetivação da matrícula?

  • Requerimento de Matrícula preenchido e assinado
  • Cópia autenticada do Diploma de Graduação
  • Cópia autenticada de: RG e CPF
  • Cópia simples do comprovante de endereço residencial

8- O que acontece quando falta algum dos documentos exigidos?

   A falta de um ou mais dos documentos exigidos implica em que o aluno participará do curso como aluno especial. Em não sendo regularizada a pendência documental, o mesmo receberá ao final do curso um certificado de Qualificação Profissional e não de Especialista.

9- Quais os critérios de seleção?

Análise documental.

10- Como se dá a matrícula?

   Após a confirmação de abertura da turma, o interessado deve dirigir-se à secretaria da FAR ou à secretaria de uma de suas unidades, preencher o Requerimento de Matrícula e apresentar os documentos solicitados. Feita a análise pela Direção e sendo deferido o pedido, a matrícula está confirmada.

11- É obrigatória a autenticação dos documentos requeridos na matrícula?

   Para o momento da matrícula pode ser cópia simples acompanhado do original, no verso da cópia deverá constar um carimbo CONFERE COM O ORIGINAL. Para o momento da certificação, ao final do curso será solicitado os documentos autenticados.

12- Existe rematrícula?

Não há rematrícula nos cursos de pós graduação da FAR, pois a matrícula é ato único para todo curso.

13- Estou no último semestre da faculdade. Posso efetuar minha inscrição no curso de pós-graduação?

   Os cursos de pós-graduação da FAR estão abertos exclusivamente para portadores de diploma de graduação ou documento equivalente. Porém alunos no último semestre poderão se matricular mediante assinatura de Termo de Compromisso.

14- Já concluí uma graduação e atualmente estou fazendo outra. Posso ingressar no curso de pós da FAR?

Sim. A graduação concluída dá direito de acesso aos cursos de pós da FAR.

15- Fiz um curso superior de Tecnologia. Posso ingressar na pós-graduação da FAR?

Sim. Os cursos superiores de tecnologia são graduações regulares.

16- Qual a obrigatoriedade de frequência em sala de aula?

   Para aprovação por frequência nos cursos de pós-graduação da FAR, o aluno deverá frequentar no mínimo 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária de cada disciplina.

17- Faltei a algumas aulas. Como proceder?

   O limite de faltas é de 25% (vinte e cinco por cento) em cada disciplina. Em sendo extrapolado esse limite, o aluno fica automaticamente reprovado na disciplina, devendo cursá-la novamente. Ausências por razões aceitáveis, previstas em lei, serão tratadas conforme regulamentação própria.

18- Como é feita a Avaliação do Rendimento de Estudos?

   Em cada disciplina são requeridos trabalhos científicos com avaliações específicas. A média mínima para aprovação é de 7,0 (sete) pontos. O Professor tem a liberdade de decidir por aplicar prova na sua disciplina. Em sendo aplicada prova, a média para aprovação também é de 7,0 (sete) pontos. Se o Professor decidir pela aplicação de trabalhos e de prova, ficam assim distribuídos os pesos de cada atividade:

-Trabalhos 30% (trinta por cento)                                                                                                                                    -Prova 70% (setenta por cento)

19- Em que dias e horários ocorrem as aulas de pós-graduação na FAR?

Há duas opções de calendário acadêmico para os cursos de pós graduação da FAR:

– Periodicidade QUINZENAL, aos domingos, de manhã e à tarde, das 9:00h às 17:00h, com intervalo de 1 hora.                                                                                                                                                      – Periodicidade SEMANAL, com aulas em um dia de semana, das 19:00h as 22:30h

20- Como é solicitado o Trabalho de Conclusão de Curso?

   Segundo a legislação vigente, para fazer jus ao certificado de pós graduação o aluno deverá elaborar e apresentar à instituição um trabalho final de curso. No caso da FAR, esse trabalho consiste de um artigo científico feito e apresentado individualmente. Para a elaboração do artigo científico o aluno contará com orientação de professor. Exceto para o curso de Psicopedagogia Institucional e Clínica pois será exigido como TCC o Relatório de Estágio Supervisionado.

 21- Como é solicitado o Trabalho de Conclusão de Curso?

O TCC deverá ser apresentado de forma impressa e também gravado em um CD.

22- Posso antecipar a elaboração do meu TCC?

   Não. Será considerado apto a iniciar o processo de orientação do TCC, somente o aluno que tenha concluído todos os créditos de disciplinas regulares do curso.

23- Como se dá o Aproveitamento de Estudos?

   Disciplinas de pós graduação realizadas em outros cursos devidamente regularizados junto ao MEC poderão ser aproveitadas nos cursos da FAR. Deve-se comparecer à Secretaria Geral da FAR e requerer o Aproveitamento de Estudos juntamente com o histórico acadêmico e ementa das disciplinas.

24- Posso trancar o meu curso? Como é o processo do trancamento?

  Sim. Há possibilidade de trancamento, sendo necessário apresentar requerimento junto à Secretaria Geral da FAR. Não há período mínimo ou máximo de trancamento, ficando o retorno condicionado à disponibilidade das disciplinas não cursadas.

25- Os cursos dão direito a certificado?

Sim. Segundo a legislação vigente, egressos de cursos de pós graduação lato sensu têm direito a receber da instituição um CERTIFICADO.

26- Qual o valor dos cursos?

O valor do investimento para cada curso deverá ser verificado junto à instituição.

27- Pagando em dia tenho algum desconto na mensalidade?

Para os pagamentos efetuados até o vencimento, será concedido desconto de 10% (dez por cento).

28- Como é composto o quadro de professores da FAR?

Os professores dos cursos de pós graduação da FAR são exclusivamente especialistas, mestres e doutores.

29- Quais documentos posso solicitar para a Instituição?

Os documentos que podem ser expedidos pela Secretaria Geral da FAR constam do Anexo 1.

30- Como posso consultar minhas notas e demais informações acadêmicas?

Basta acessar o link “Portal do Aluno”, no site na FAR, ou solicitar à Secretaria Geral os documentos e informações necessários.

31- Qual a diferença entre pós graduação e especialização?

   Há dois tipos de pós graduação: lato sensu e stricto sensu. Os cursos em nível lato sensu são denominados de especialização. Os cursos de nível stricto sensu, são denominados mestrado e doutorado.

32- Qual a diferença entre MBA e Especialização?

   Os MBAs (Master Business Administration) são cursos de especialização, ou seja, pós graduações lato sensu. Assim, os MBAs não são mestrados. São apenas cursos de especialização na área de negócios.

33- O curso de pós-graduação dá direito de atuar em outra área profissional?

   Não. O que determina em qual área profissional a pessoa pode atuar é a sua graduação, devendo o graduado, em certos casos, associar-se a uma entidade de classe como o Conselho Regional de Medicina e a Ordem dos Advogados do Brasil, por exemplo.